Cultura empreendedora: Empresário ou Escravo?

 

No dia 18 de julho, na sede da envisione assessoria contábil, aconteceu nossa primeira reunião com empresários da Baixada Fluminense. O tema foi “Cultura empreendedora: Empresário ou escravo?

Na oportunidade o diretor da Envisione, Renato Coelho, citou uma frase clássica “o olho do dono é o que engorda o gado” e enfatizou que os empresários têm interpretado esta frase de forma equivocada, pois a maioria acredita que ela está relacionada apenas com a presença física no estabelecimento, somado a uma jornada exaustiva e o acúmulo de atividades, o que é uma inverdade.

Existe uma pesquisa que diz que 86% dos micro e pequenos empresários se sentem escravos do seu próprio negócio. Foi justamente pensando nisso e com o objetivo de mudar este quadro que a envisione assessoria contábil resolveu criar um canal de relacionamento e troca de experiências através de reuniões mensais para tratar de assuntos sobre gestão.

Além disso firmamos uma parceria com a Solace Institute representada pelo seu sócio Fabio Stump.

 

Mindset do empreendedor

É muito importante o empreendedor estabelecer uma cultura organizacional no seu negócio, determinando um conjunto de princípios e valores que irão nortear o rumo do negócio e contribuir para o cumprimento da missão.

O desafio é entender que os paradigmas inadequados precisam ser quebrados. Existem crenças limitantes que  impedem a criação de uma cultura voltada para o desenvolvimento e o bem estar.

Quem não controla não gerencia e é por isso que o empreendedor precisa conhecer muito bem o seu negócio, o seu mercado, o seu ponto fraco, o seu ponto forte, as ameaças e as oportunidades para seguir sua jornada na direção certa.

Lembre que quando você não sabe onde quer chegar, qualquer caminho “ação” serve.

E é justamente neste sentido que muitos estão se perdendo, estão cansando e se sentindo verdadeiros escravos.

 

Empreendendo com a técnica correta

 

Fábio Stump falou dos grandes desafios, da importância de saber formar preços, de estabelecer processos com clareza, além de conhecer o mercado e buscar informação.

A maioria não sabe o que compõe o preço do seu produto e com isso perde muito dinheiro.

Para compensar, trabalham de forma exagerada acreditando que isso vai resolver o problema. O fato é que na maioria das vezes o problema não está na velocidade e sim na direção.

 

Parceria estratégica

A envisione agora é uma credenciada do instituto solace e esta aliança tem o objetivo de ajudar pequenos empresários na construção de negócios sustentáveis.

Nosso intuito é fazer com que o empresário descubra e expanda o seu potencial, seja para o mercado consumidor, seja para com os colaboradores e principalmente para com os investidores.

A solace, assim como a envisione, acredita numa sociedade transformada, mentes renovadas e ambientes saudáveis.

O próximo encontro já está marcado para o dia 29 de agosto e o tema é: e-social o que muda no dia a dia das empresas?

 

 

fonte:https://revistapegn.globo.com/Banco-de-ideias/Alimentacao/noticia/2018/07/namorados-faturam-r-55-mil-por-mes-com-comida-vegana.html

 

Compartilhe nas redes

Submit to FacebookSubmit to LinkedIn